Atualizações via email

Arquivo do Blog

Busca Rápida

Quando tenho uma experiência com Deus

Compartilhe:
Êxodo 3.1-10

Introdução:

            Em todo o processo da revelação bíblica, encontramos Deus agindo de forma sobrenatural na vida de muitos que se dispuseram em servi-lo e serem usados por Ele. Foram homens e mulheres que temiam ao Senhor e tiveram profundas experiências com Deus. Eles foram tratados, moldados e usados para o cumprimento dos propósitos do Senhor. Na lição de hoje estaremos de forma objetiva, avaliando o chamado de Moisés. Ele teve uma profunda experiência com Deus e isto foi determinante para o agir de Deus na vida de toda uma nação.
Israel foi liberto do Egito, porque Deus agiu através de Moisés e ele se apresentou para ser o instrumento de libertação na vida da nação.
            O que acontece quando temos uma experiência com Deus? Que contextos são vistos na vida daqueles que são encontrados no centro da vontade do Senhor?

Realidades que são ministradas na vida daqueles que estão tendo uma profunda experiência com Deus.

I – Antes passo pelo deserto
           
            Antes de ter a visão sobrenatural do poder e chamado de Deus, Moisés precisou ser tratado pelo Senhor por um período de quarenta anos no deserto (At. 7. 29,30). Foi nesse tempo, em meio às grandes dificuldades que teve de enfrentar, que ele foi moldado e preparado em mansidão e humildade, para receber o chamado de Deus.
Assim também acontece com todo aquele que está prestes a ter uma experiência profunda com Deus. Antes de revelar o sobrenatural na vida de seus filhos, Deus sempre os leva ao tratamento do deserto. É interessante olhar que Deus nos trata sempre nas áreas que são conflitantes em nossas vidas. É justamente no ponto ou (pontos) fracos de cada um, que o Senhor exerce o seu tratamento.
Eu não sei por qual deserto você está passando, mas tenho plena convicção de que é no meio dessa luta, que o Senhor está trabalhando melhorias no seu caráter. É nesse contexto, que Deus está te levando ao caminho da cura, da vitória! É no deserto que Deus supre todas as nossas necessidades e nos chama para o cumprimento dos Seus propósitos.

II – Vejo a glória do Senhor;

            Experiência com Deus é sinônimo de contemplar o sobrenatural do Senhor. Foi assim que Ele fez cumprir na vida de Moisés. A Bíblia diz que apascentando o rebanho ele olhou e viu uma sarça no meio do fogo, e ela não se queimava.
Ter uma experiência profunda com Deus é ver a glória do Senhor! A correria, o ativismo exacerbado, o legalismo e tantos outros..., estão tirando dos crentes a condição para ver Deus agindo. A verdade é que muitas vezes, a direção está totalmente em nossas mãos e isso nos leva a um distanciamento do querer e agir de Deus. O resultado é marcado por uma vida cristã inativa, atrofiada e sem a manifestação do sobrenatural Daquele que tem todo o poder nos céus e na terra. Precisamos clamar por um avivamento profundo na vida da igreja, que nos leve à busca da Palavra, arrependimento sincero e quebrantamento no altar do Senhor. É desta forma, íntimos Dele que veremos Sua glória e receberemos o melhor que Ele sonhou para as nossas vidas.

III – Tenho de tirar as sandálias dos pés;

            Quando Moisés viu a glória do Senhor, ele teve um profundo desejo de chegar mais perto para contemplar a grande maravilha. Foi nesse momento que Deus o ordenou: “Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa” (Ex 3.5).
            As sandálias apontam para tudo aquilo que contamina e quebra a comunhão do crente com Deus. Elas podem ser os pecados ocultos, as fofocas, os maus testemunhos, a calúnia, o desânimo e tantos outros males que dominam as vidas de muitos servos de Deus. Quais sandálias estão minando e quebrando a sua comunhão com o Senhor?
É interessante observar que Deus não tirou as sandálias de Moisés. Ele apenas ordenou que ele próprio as tirasse. Tirar as sandálias é responsabilidade de cada crente, pois Deus nunca irá fazer aquilo que é de responsabilidade nossa fazer. Portanto, em nome de Jesus, apresente-se no altar do Senhor e quebrantado abra mão de tudo aquilo que tem minado e quebrado a sua comunhão com Deus. Clame ao Senhor pelo perdão e o sangue de Cristo será derramado em sua vida e o restaurará para o louvor e glórias do Senhor.
                       
IV – Deus me chama para o cumprimento de uma missão;

            Após ter passado pelo deserto e ter visto a glória de Deus, Moisés recebeu o chamado do Senhor. Quando temos uma experiência profunda com Deus, somos chamados para o cumprimento de uma missão.
Moisés foi chamado para ser o agente efetivo de libertação para a nação de Israel. Qual o chamado Deus tem para a sua vida? Tenha a certeza de que Ele é o Deus que nos chama, nos capacita, nos supre e envia. Ele quer nos usar para marcarmos a nossa geração com a Sua glória. Você crê nisso? Então abra o seu coração de deixa o Senhor levá-lo a essa maravilhosa história de bênçãos, onde muitas almas serão alcançadas pela Graça salvadora de Cristo.
                      
Conclusão:

            A Igreja de Cristo está precisada de um profundo avivamento. Esse grande milagre acontecerá quando no altar do Senhor crentes se apresentarem quebrantados, arrependidos e clamando por cura e perdão. Haverá uma profunda busca da Palavra e isto será redundado no grande mover de Deus na vida de muitos. Para eles, o deserto será tratamento que os levarão a ver a glória do Senhor. Eles serão apresentados santificados diante de Deus e receberão o chamado do Pai para a missão de refletirem a glória de Cristo até aos confins da terra.
            Que sejamos participantes dessa grande maravilha e encontrados em condições de sermos usados pelo Senhor.


Pr. Waldyr do Carmo

Igreja Casa de Oração Cehab – Itaperuna. RJ
Compartilhe:

Esboços de Sermões

Geral

Mensagens

Sermões

Deixe o seu comentário!

0 comments:

Seu comentário é muito importante para nós!