-->
ABERTURA: Mensagem do pastor. Após a terceira fala do pastor (“VOCÊ ESTÁ PREPARADO?”, ou outra a combinar com o mensageiro), apagam-se todas as luzes. Imediatamente a bateira começa a tocar e após o sinal todos os integrantes gritam desesperadamente: NÃOOOOOOO!!!

RODOLFO – Não acredito! Eu era líder dos jovens da minha Igreja. Sempre cobrei santidade deles , e logo eu....... ( sentado no final)

NAYANE – Por quê?? Eu ia na Igreja todos os domingos. Eu pensava que isso era o bastante. (sentada do lado direito, no meio)

ALICIANE – (choro) Eu era secretária da minha Igreja. Fazia de tudo, estava sempre auxiliando o pastor. Isso não pode estar acontecendo comigo. Não, não, nãooo!! (mais choro e lamento) (sentada do lado esquerdo no final).

LAYANNA – Eu sempre fiz tudo certo. Fazia caridade, ia aos asilos e orfanatos. Não entendo porque estou aqui. Eu quero ir também!!!!

WILLIAN – Isso não pode estar acontecendo comigo. Eu sou rico, tenho muito dinheiro. Isso não basta para eu ir para o céu??? Eu não posso ficar, não posso, não posso.

THAÍS – Cadê todo mundo??? Cadê o pessoal do louvor??? Eu cantava com eles, não poderia ter ficado.

(CAROL E PALLOMA CONTRACENAM)
PALLOMA – Você sabe o que aconteceu? Por que todo mundo sumiu?
CAROL – Jesus voltou. Você não está vendo?
PALLOMA – O quê? Jesus voltou? Mas... mas você era da Igreja e cantava lá.
CAROL – Nós ficamos, nós ficamos. Jesus voltou!

VICTOR – Eu era filho do pastor! Já tinha minha salvação garantida! Pai, pai. Cadê você, pai???
(ANDRESSA E SABRINA CONTRACENAM)

ANDRESSA – Onde estão meus amigos da faculdade? Aquele grupo que sempre falava de Jesus aqui? Eu estudava muito, por isso não podia ir à Igreja, mas eu também quero ir para o céu.
SABRINA – Eu também não tinha tempo. Precisava fazer o almoço no domingo, por isso que não ia à escola dominical. Meu marido (susto). Onde está meu marido?

MARIANA – Eu ia na igreja, mas tinha que colocar o papo em dia.Não dava para prestar atenção nas mensagens. Agora eu quero ouvir, quero entender.

Todos começam a chorar desesperados. Começa uma música mais acelerada e todos caminham sem rumo dentro do cenário, chorando, sem encostar um no outro, com luzes piscando freneticamente. De repente escuta-se um barulho de trovão muito forte e todos caem gritando: NÃOOO! E as luzes se apagam!
Axact

Axact

Vestibulum bibendum felis sit amet dolor auctor molestie. In dignissim eget nibh id dapibus. Fusce et suscipit orci. Aliquam sit amet urna lorem. Duis eu imperdiet nunc, non imperdiet libero.

Post A Comment: